Estou casado (a) mas parece que estou sozinho (a)

Estou casado (a) mas vivo uma solidão

A vida a dois pode ser algo realmente complicado, isso porque se tratam de pessoas distintas, criadas sob exigências e estilos de vida diferentes. Mas mesmo que as pessoas possuam uma grande afinidade ainda não é incomum ouvirmos queixas do tipo “estou casado (a) mas parece que estou sozinho (a)”, mas porque será que esse tipo de sentimento ocorre?

Geralmente temos, quase que inconscientemente, o reflexo de achar que problemas atrelados ao relacionamento é culpa da outra pessoa e dificilmente enxergamos os nossos erros e falhas. Mas em caso de exclusões não é incomum sermos os culpados por isso.

Geralmente em um relacionamento as partes são interessadas, e querem dividir experiências do seu dia a dia, então sempre nos deparamos com perguntas do tipo: “Como foi o seu dia hoje?”, e acabamos por responder de maneira superficial, excluindo aspectos importantes da nossa rotina, ou por julgarmos uma incapacidade da outra pessoa em nos ajudar, imperícia no caso, ou simplesmente por julgarmos um caso pessoal ou que não queremos dividir por qualquer motivo.

Isso também se repete em atividades simples, existem pessoas que gostam de realizar certas atividades sozinhas, como caminhar, encontrar com os amigos, jogar vídeo game, e as mais diversas coisas, e acabam excluindo a outra parte do relacionamento.

Por fim, depois de tanto perguntar sobre alguma rotina sem respostas, ou de tentar dividir algumas atividades sem sucesso, a pessoa pode simplesmente parar de insistir por se sentir frustrada em suas tentativas. E como em um protesto, como retaliação passa a ter uma atitude semelhante como a outra parte envolvida.

Então nos damos conta do sentimento “estou casado (a) mas parece que estou sozinho (a)”, sem se quer nos darmos conta que  pode ter sido criado por nós mesmo, essa bolha de individualidades.

Solução para ter um Casamento de Sucesso

Mas calma, tudo tem solução. Se esse for o caso, volte a incluir o seu parceiro (a) em suas atividades mais corriqueiras, e aprenda a dividir momentos de felicidade que antes tinha sozinho com ele (a), assim pouco a pouco esse sentimento deve ir se normalizando.

Mas se ainda assim nada acontecer, ou você notar que o problema não foi criado por você, e mesmo com uma, ou duas conversas as coisas não mudaram, talvez seja a hora de pensar em uma atitude mais drástica.

Afinal a reclamação “Estou casado (a) mas parece que estou sozinho (a)”, não deve ocorrer em uma vida a dois de maneira saudável, já que nos casamos para nos sentir amparados em diversos aspectos, e não parar desfrutar do sentimento de abandono, ainda que em um relacionamento tão sério quanto um casamento.

O problema pode ser com você, mas também pode não ser, e isso não significa que a solução não possa partir de você.